Pensamento Sistêmico

um sistema é mais do que a soma de suas partes

O Pensamento Sistêmico é um processo para entender porque as coisas são como são e desenhar intervenções de mudança quando necessário.

Ele parte da ideia de que as situações complexas com que lidamos não podem ser tratadas através da redução do todo a suas partes componentes, como propunha o clássico paradigma mecanicista.

Por isso, o Pensamento Sistêmico oferece ferramentas e metodologias para analisar indivíduos e organizações como sistemas de componentes inter-relacionados que fazem parte de sistemas mais amplos e com eles interagem [a metáfora de “ver as árvores e a floresta”].

Inclui-se, aí, um conjunto de conceitos e práticas que nos permite identificar e analisar: - as formas pelas quais pessoas e coisas se inter-relacionam e formam sistemas, - como as estruturas desses sistemas geram comportamentos que não podem ser previstos pela simples análise das partes, - como uma mudança numa parte do sistema afeta outras partes, - as interações do sistema com o ambiente externo e - os padrões de mudança ao longo do tempo.

Nesse novo caminho para a excelência e o sucesso, adquirimos uma nova maneira de dar sentido a fatos e comportamentos e somos levados a ampliar nossas visões de mudança, planejamento, estratégia, decisão na incerteza, estrutura organizacional, liderança, inovação e muitas outras.

Trata-se, de fato, de pensar diferente para fazer a diferença.

Conceitos associados: dinâmica de sistemas, visão sistêmica, teoria dos sistemas, teoria do caos, design thinking etc.

Última atualização: Thursday, 4 Dec 2014, 18:39